Japão: uma nação feliz?

6.05.15

Postado por Rodolfo Veronese

 

Essa semana saiu uma lista da ONU divulgando um ranking dos países mais felizes do mundo, onde foram avaliados vários aspectos como PIB, qualidade de vida etc. (Veja aqui).

Em primeiro lugar ficou a Suíça e, por incrível que pareça, o Brasil ficou em 16º enquanto o Japão em 46º (veja a lista completa dos países nesse link, na página 26). Sim, isso mesmo: aparentemente é mais feliz quem mora no Brasil do que aqui no Japão.

 

Japão ONU

E talvez seja isso mesmo. Já falamos algumas vezes que apesar de tudo aqui funcionar bem e pontualmente, da honestidade e educação das pessoas, tudo isso tem um preço alto. De um lado temos trens que funcionam como um relógio, por outro a vida de um pontual condutor de trem é muito estressante.

Lemos notícias do governo japonês fazendo projetos de leis que obriguem os trabalhadores a terem folga de verdade. Algo do tipo ser multado por aparecer no trabalho em dia de folga. E essa situação não faz o menor sentido para qualquer brasileiro.

O Japão vive um problema social terrível por conta disso, com um alto número de suicídios. Fora o impacto nas famílias que tem se desestruturado por esse excesso de trabalho. Não é incomum encontrar pessoas que não tem bom relacionamento ou mesmo nenhum relacionamento com a figura paterna.

Não estamos dizendo de forma alguma que não é bom viver aqui, porém toda moeda tem dois lados e é importante ver sempre o todo para não se iludir. Ter uma boa vida com serviços de qualidade de primeiro mundo não é garantia de felicidade.

Nosso desejo é que, para alguns e de alguma forma, possamos levar alegria e esperança a esse povo que estamos aprendendo a amar cada dia mais.

compartilhe Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone
comente 0

Deixe uma resposta

DESIGN: Sandra H. V. • programação: webonfocus