Estudo do inglês antes de vir para o Japão

8.02.18

Postado por Sandra

 

estudo inglês

Uma pergunta um tanto curiosa: ˝Por que eu, Sandra, estudei o inglês e não o japonês no Brasil?˝, já que o Rodolfo estudou por três anos a língua japonesa e se preparou antes de virmos?

Eu sempre gostei do inglês e, como não tive a oportunidade de estudar quando criança, fui concretizar esse projeto já na vida adulta. Eu fazia o curso na própria empresa que eu trabalhava, durante a hora do almoço. Era um pouco corrido, mas me sentia feliz por estar cada dia mais perto de realizar esse sonho. Ao todo, foram mais ou menos 7 anos de estudo, muitos ˝listenings˝, ˝homeworks˝, algumas provas e apresentações.

Quando estava no meio do período de estudo do inglês, eu tentei estudar o japonês simultaneamente com um amigo nosso (o Teo, vulgo Rafael) e adivinhem o que aconteceu? Na minha cabeça só vinham as respostas em inglês, era muito difícil virar a chave do idioma, ainda mais que estudava os dois no mesmo dia. Pura ilusão dar certo dessa maneira… rs!

Como não conseguia me dedicar inteiramente em nenhuma língua, pensei e, depois de um tempo, resolvi focar só no inglês, acreditando que seria muito importante e abriria portas para a minha profissão (design gráfico) no futuro. E acredito que essa tática deu certo! Tem-se aberto grandes oportunidades de negócios com clientes de fora do Brasil, principalmente os EUA. Só o fato de eu poder me comunicar com qualquer pessoa por e-mail, Skype ou até pessoalmente em inglês me dá uma tranquilidade grande de poder negociar e trabalhar.

No último mês de janeiro, completamos 3 anos que estamos aqui no Japão. E nesses anos, estudo quase que diariamente a língua japonesa, os kanjis, a gramática e tudo o mais que implica o aprendizado de um idioma. Vou uma vez por semana na aula da prefeitura e tenho contato com os professores e outros estrangeiros no mesmo nível de japonês que o meu. Como eu gosto de estudar (o Rodolfo me acha um pouco estranha por causa disso), tem sido um tempo muito proveitoso e prazeiroso, e é muito legal quando já reconheço alguns kanjis nas sinalizações e nos textos. Atualmente o meu entendimento é mais ou menos de 60 a 70%, e a última barreira que tenho que vencer ainda é falar melhor o japonês. Mas me lembro que no inglês foi o mesmo processo, entendia bastante, e falar tranquilamente foi a última etapa do aprendizado.

Em todo o processo do aprendizado das línguas (inglesa e japonesa), vejo o quanto Deus tem sido bondoso conosco e direcionado nossos planos. O mais interessante é que Ele utiliza um desejo/sonho nosso e transforma isso em algo muito maior, para cumprimento dos Seus propósitos.

 

compartilhe Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone
comente 0

Deixe uma resposta

DESIGN: Sandra H. V. • programação: webonfocus