Os divertidos nomes de carros no Japão

30.11.17

Postado por Rodolfo Veronese

 

Já comentamos diversas vezes sobre os nomes dos carros aqui no Japão, especialmente para nós brasileiros. Muitos nomes são palavras com sentido em português e que nos fazem pensar que tem algum brasileiro fazendo de propósito. Tiramos fotos de alguns, mas existem outros que já vimos na rua mas não conseguimos fotografar a tempo.

Colocamos a tradução mais aproximada em japonês para que alguns amigos japoneses que veem nosso blog possam entender porque achamos tão engraçado. Porém não conferimos todos cuidadosamente e se houver alguma tradução melhor fique a vontade para nos falar nos comentários.

E fica a pergunta: Será que dá para montar uma frase inteira em português?

 

carros

 

compartilhe Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone
comente 0

Equipe brasileira do projeto IMeL Takefu

25.10.17

Postado por Rodolfo Veronese

 

Desde o ano passado, quando o Pr. Jorge Sisido esteve aqui no Japão, Deus acendeu em seu coração o desejo de servir à igreja aqui. Vendo a necessidade da IMeL Takefu, reuniu então um grupo de 12 pessoas que estão no Japão desde o começo de outubro ajudando tanto em eventos como na reforma do segundo andar do prédio da igreja. Ele vieram também com o propósito de estreitar o relacionamento entre o trabalho missionário aqui e as igrejas apoiadoras no Brasil e também visitar e conhecer o concílio japonês que tem sua base em Osaka.

Já havíamos combinado um breve encontro com o grupo na volta, no tempo de deslocamento entre os aeroportos de Narita e Haneda que terão que fazer, mas outra parte do grupo não teria essa oportunidade e não queriam deixar de conhecer Tóquio e também nosso grupo aqui em Chiba.

Recebemos o grupo neste sábado onde pudemos conhecer alguns lugares turísticos de Tóquio e, apesar da chuva ininterrupta, eles gostaram bastante.

equipe imel takefu

No domingo tivemos um animador compartilhamento da equipe e uma mensagem impactante do Márcio Lima que falou direto aos nossos corações. A volta deles a Takefu estava programada para a noite e aproveitamos a tarde para visitar Odaiba, mas a aproximação do tufão nº21 cancelou todos os ônibus e trens e tivemos mais um dia para estar junto, compartilhar experiências, saborear um delicioso sushi e rir bastante juntos.

Foi um tempo muito rápido mas muito legal e abençoado. Agradecemos de coração a estadia da equipe aqui conosco e até mesmo pelo tufão que acabou nos proporcionando um dia muito bom de comunhão.

Obrigado, pessoal, esperamos vocês de novo aqui algum dia! Continuem o bom trabalho em Takefu. O restante da equipe encontraremos em Tóquio no final do mês. 待ち同士!

 

compartilhe Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone
comente 2

Saudade do Japão

20.09.17

Postado por Rodolfo Veronese

 

Como já falamos várias vezes, nosso tempo no Brasil foi muito bom e gostoso contudo estávamos com vontade de voltar para casa, porque afinal como dizia Dorothy em O Mágico de Oz: “Não há lugar como nosso lar.” Temos que confessar que também estávamos com saudades de algumas coisas aqui do Japão que sentimos falta nesses 40 dias no Brasil.

E estamos falando novamente de comida aqui (rs!). Não é que não tenhamos aproveitado muito bem nesse sentido no Brasil, porém a comida é sem dúvida o ponto alto do Japão. Quanta coisa gostosa que a gente só encontra aqui e ainda estamos descobrindo novos sabores.

Outra saudade nosso era o trânsito calmo e ordeiro. Confesso que lutei bravamente para me manter calmo também no Brasil, sendo educado e paciente, no entanto nos últimos dias o trânsito maluco de São Paulo me venceu e quando percebi estava irritado, brigando e correndo novamente. Voltar às ruas tranquilas de Ichihara é quase como estar em um SPA automobilístico!

Algo que também sentimos falta foi da internet. Tanto a do celular como a de casa são muito rápidas e constantes e nada se compara ao que tivemos acesso no Brasil. Especialmente a internet móvel foi bem sofrida para nós. Aqui podemos ver vídeos e fazer downloads mesmo usando o 4G e dificilmente atingimos o limite.

Vai parecer estranho essa última parte, mas algo que estávamos com vontade de rever foram as privadas japonesas, especialmente a de locais públicos. Talvez só quem já veio e viu as famosas privadas hi-tech vai entender o quanto elas nos fazem falta. Existem lugares com banheiros ruins aqui também, todavia a regra é achar excelentes instalações especialmente em shoppings!

Agora estamos aproveitando tudo isso novamente com a certeza de que em breve sentiremos saudades de outras coisas que só tem no Brasil, porque afinal nenhum lugar é perfeito e o ideal seria mesmo juntar o melhor de cada país!

 

saudade do Japão

 

 

compartilhe Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone
comente 0

Julho em 5 fotos

2.08.17

Postado por Sandra

 

julho em 5 fotos

Acompanhe um pouco do que aconteceu no mês de julho através de 5 fotos!

1. Noryoku Shiken – A Sandra fez a prova de proficiência para o N4. O Rodolfo fez em dezembro do ano passado, e agora eles vão se preparar para o N3 – pelo menos o livro de estudo para esse nível já compramos!

2. Chegada ao Brasil – Depois de um tempo se preparando, finalmente chegou a hora da viagem! Foram quase 30 horas de vôo, mas graças a Deus tudo deu certo com as malas, a conexão e tudo o mais. Agora é aproveitar a família, os amigos e é claro, a comida!

3. Reencontro com a família – A Sandra e a Vitória estavam há 2 anos e meio sem ver a família aqui do Brasil e o reencontro foi emocionante. O Rodolfo e a Nicole vieram o ano passado, mas mesmo assim a saudade era grande.

4. Visita às igrejas – Todos os domingos que estivermos aqui visitaremos as igrejas e a primeira foi a igreja que tem nos apoiado e sustentado em oração: a IMeL Diadema. Somos muitíssimos gratos por tudo até aqui e esperamos continuar juntos nessa missão.

5. Vitória na EBF – A EBF (Escola Bíblica de Férias) da IMeL Diadema aconteceu no fim de julho e deu para a Vitória participar. A Sandra e o Rodolfo participaram de muitos acampamentos e sabem da importância que isso teve para o crescimento espiritual deles. A Vitória voltou muito feliz, contando toda animada o assunto das palestras, as músicas que cantou e as amizades que fez.

 

 

compartilhe Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone
comente 0

Yokohama – Museu da Imigração

19.07.17

Postado por Rodolfo Veronese

 

No final do mês passado, em junho, visitamos a cidade de Yokohama que fica do outro lado da Baía de Tóquio, algo que já estávamos planejando desde que chegamos aqui no Japão. Yokohama é uma cidade muito bonita e com muitas coisas interessantes e bonitas para se ver. Eu já havia visitado em uma viagem anterior mas a Sandra e as meninas não conheciam. No entanto algo que me chamou a atenção desde quando fui pela primeira vez: O Museu da Imigração Japonesa. Um museu que mostra e conta a história dos japoneses que se espalharam pelo mundo no início do século passado.

Com muitas histórias e situações interessantes registradas ali e que nos identificamos pois de alguma forma nossa história e até mesmo nossa estada aqui no Japão tem a ver com tudo isso.

O Brasil foi, de longe, o destino do maior grupo de imigrantes japoneses com 1.500.000 pessoas tendo imigrado para terras brasileiras, seguido pelos Estados Unidos com 1.000.000. Algo que me chamou a atenção foi saber que navios com imigrantes ainda estavam chegando na década de 70!

Ver, descobrir e se identificar com algumas coisas foi bem interessante. Especialmente a “mesa de casa de Batchan (avó em japonês)” reproduzido ali. Um banquete onde se mistura feijoada e sashimi, churrasco e inarizushi: bem típico e reconhecível por qualquer nikkei do Brasil!

 

yokohama

 

Aproveitamos o dia para rever e despedir dos nossos amigos Fábio, Johnna e as filhas Sophia e Alice (falamos deles nesse post) que estão terminando o tempo aqui no Japão e retornando aos EUA e depois encarando novos projetos. Somos muito gratos pela amizade deles e oramos desejando as mais ricas bençãos de Deus nessa nova etapa do ministério.

Ao anoitecer, fomos na famosa Roda Gigante chamada de Cosmic Clock e curtimos a linda paisagem lá de cima.

Yokohama é realmente muito agradável e esperamos poder visitá-la mais vezes já que é tão pertinho. Bom, pelo menos pela Aqualine, uma estrada que passa embaixo do leito da Baía, que já havíamos citado nesse post aqui, que falamos sobre a província de Chiba.

 

compartilhe Share on FacebookTweet about this on TwitterEmail to someone
comente 0

DESIGN: Sandra H. V. • programação: webonfocus